03/01/2015

Resenha: "Na Cor dos Seus Olhos"

"Na Cor dos Seus Olhos", de Paulo Cezar Borges
 Páginas:183
 Editora: Chiado Editora 

Sinopse:

"Na cor dos seus olhos conta a historia de um jovem rapaz de 14 anos de idade chamado Bruno, que acaba de se mudar para o outro lado da cidade de São Paulo, deixando tudo para trás, incluindo suas amizades, fazendo com que essa transição seja difícil para ele. Em um lugar novo e uma escola totalmente nova, Bruno começa uma busca por novas amizades e quem sabe novos amores, porem uma vastidão de acontecimentos ocorrem e a sua vida toma outro rumo, envolvendo outras pessoas; sendo uma delas Thalita Lopes e seu melhor amigo Erick."


Bruno acaba de se mudar, deixando tudo para trás. Numa lugar e numa escola completamente nova ele acaba conhecendo Thalita, que virá a ser sua melhor amiga, juntos eles vão viver todos os problemas de uma vida adolescente como: o primeiro amor, a primeira vez, problemas com bebidas e decepções amorosas. Porém, Bruno descobre algo que vai mudar totalmente os sentimentos dele por ela.

Quem me conhece, sabe que eu não sou muito fã de romances, mas esse eu simplesmente adorei, porque ele é ficção, mas ele tem um toque da realidade, os problemas de se iniciar um relacionamento e não foca totalmente nos "amassos" dos personagens. Além de eu ter me identificado um pouco com o protagonista. O livro me prendeu de uma maneira totalmente inexplicável, eu sempre queria saber o que ia acontecer com o Bruno no próximo capítulo.

Eu acabei achando alguns erros, mas eles ocorreram apenas na acentuação da palavra "Nós" que muitas vezes o acento agudo não aparecia na palavra, mas retirando isso o livro é incrível e ele é perfeito para pessoas que assim como eu não têm coragem para dizer o que realmente sente, para a pessoa que gosta, em um momento o Bruno fala uma daquelas frases que te fazem refletir mais que réveillon, sabe? E essa me fez pensar pra caramba, que é a seguinte:

"...Se eu pudesse dar um conselho para alguém, o conselho seria esse, que não importa as circunstâncias se você gosta de alguém você deve falar, é um direito da pessoa saber que alguém tem sentimento por ela. Você não ganhará nada escondendo, talvez você ganhe sim, ganhe um peso nas costas de não ter falado nada enquanto podia." 

A leitura vale muito a pena, eu aconselho para todas as pessoas. Além disso tudo ele é um ótimo livro para um adolescente que quer entrar no mundo da leitura, porque é uma leitura muito leve e muito gostosa de ser feita.

Se interessou pelo livro?

Você pode ler o primeiro capítulo da obra clicando aqui

Página do autor no Facebook



14 comentários:

  1. Nossa, parece ser bom! Eu nunca li realmente uma estória em que o garoto seria o principal. Ótima resenha e gostei muito desse trecho que você colocou! xoxo
    segueadicaescritor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Fico feliz que tenha gostado da resenha, eu nunca pensei que ia gostar de um livro assim, mas me encantei assim que iniciei a leitura.

      Excluir
  2. Que tooop, mais um livro nacional entrando pra minha infinita lista.
    Parabéns pela resenha.
    *-*
    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloque-o em lugar preferencial, porque a leitura vale muito a pena.

      Excluir
  3. Parabéns pela resenha! Fiquei mega curiosa!

    http://fingereamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de se ficar mesmo, ele surpreende hahahahaha

      Excluir
  4. Adorei a resenha! Estou querendo ansiosamente ler ele agora!

    http://aosolhosdequemlee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou fã de romances, mas prometi para uma amiga que daria uma chance ao gênero, e esse livro parece ser muito bom pra quem tá começando a dar uma chance aos romances (eu nunca consegui ler um romance inteiro, foram poucos que fui até o final).
    Beijos

    http://travelingbetweenpages.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente o que aconteceu comigo, e sim, é um ótimo livro pra se iniciar a leitura do gênero.

      Excluir
  6. Se você que não gosta de romance gostou da história, imagino que eu irei adorar.
    Romance é um dos meus gêneros favoritos e quando não é apenas um romance surreal e sim abordando uma realidade, fica melhor ainda.
    Parabéns pela resenha!
    Dri
    http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, me interessei bastante.

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário, vou adorar lê-lo. Volte aqui depois para conferir a resposta, O.k ?