16/12/2014

Resenha: "Dom Casmurro"

Dom Casmurro, de Machado de Assis
Páginas:232
Editora: Ática

Sinopse

"Bento Santiago é um homem solitário, ensimesmado, casmurro. Na velhice, ele relembra sua história e a do seu maior amor, a bela Capitolina. Acaba partilhando com o leitor o ciúme e a grave suspeita que o tornaram tão amargo. Mas teria Capitu realmente traído Bentinho?

Maior enigma da literatura brasileira, o mistério por trás dos olhos de ressaca oblíquos e dissimulados suscita paixões e dúvidas há mais de um século. A única certeza, no entanto, é que estamos diante de um livro insuperável"



Bentinho e Capitu eram amigos inseparáveis desde a infância, até que Bento descobre que estava apaixonado por ela e que essa paixão era recíproca. Então, os dois se envolvem romanticamente, mas há um problema, D. Glória fizera uma promessa para Deus pedindo que se o filho vingasse ela o mandaria para o seminário, e o amor dos dois adolescentes era contra isso, pois como sabemos um padre não pode ser casar, mas não teve solução Bentinho foi estudar para ser padre, mas no entanto antes de partir ele e Capitu fazem um juramento em frente ao poço de que só iriam se casar se fosse um com o outro. O menino vai para o seminário e lá conhece o, Ezequiel Escobar, os dois se tornam grandes amigos e é com a ajuda desse garoto que Santiago consegue sair da escola.
Tempo depois Bentinho se casa com Capitu e Escobar se casa com Sancha e tem uma filha que recebe o nome Capituzinha em tributo à amiga de Sancha, o que causa uma certa inveja em Santiago, pois ele e a esposa não conseguiam ter um filho. Um dia no entanto, Capitolina fica grávida e tem um filho que recebe o nome de Ezequiel, em homenagem ao amigo de Bento, mas o menino na medida que cresce se torna cada vez mais parecido com Escobar, o que desperta uma desconfiança em Santiago. Será que Ezequiel era mesmo o filho dele?

"Dom Casmurro" é um dos melhores livros que eu li até o momento, porque Machado de Assis soube trabalhar essa questão do romance, sem deixar algo completamente massante, porque é o que acontece nos livros atuais. Além de ser uma obra antiga e mesmo assim tratar de um assunto tão atual o mais legal dele é o enigma deixado pelo autor no livro. Antes que me perguntem o se traiu ou não traiu, eu digo que a Capitu não traiu o Bentinho, o homem já estava num nível de loucura muito grande quando ele começa a desconfiar da esposa.

Caso você tenha interesse na obra, e queira ler a original, digo que a linguagem é bem formal, então você tem que ir preparado. Eu já tive experiência tanto com a original, que é a que eu estou resenhando, quanto com a adaptação, então se você tiver a oportunidade leia a original, porque a outra retira muitos detalhes, que são pequenos, mas fazem a diferença.

Se você já tiver lido o livro resenhado, que tal deixar um comentário aqui para que quem sabe começarmos um debate sobre "A suposta traição de Capitu", mas se você não tiver lido ainda eu recomendo que você comece a lê-lo imediatamente, porque é um livro absurdamente incrível.





8 comentários:

  1. Este livro é maravilhoso! Parabéns!
    Ana Lucia Silva Nogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, um dos melhores livros que já li!

      Excluir
  2. Comecei a ler Dom Casmurro e não consegui terminar e nem sei direito porque, a leitura era muito boa, mas terminei abandonando o livro. :\

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. e a dúvida continua... Capitu traiu ou não? Eu acredito que não hm

    Otima resenha João, um beijo
    Loucura LiteráriaFacebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza que não hahahahaha Bentinho é um louco !

      Excluir
  4. Uma pessoa que goste de Dom Casmurro, bate aqui o/.Pra mim a Capitu também não traiu o Bentinho, é que ele como tava mais pra lá do que pra cá, então ficou com minhocas na cabeça. Concordo com você a leitura do original, não é fácil, mas com um bom dicionário do lado dá pra ler.

    Adorei a sua resenha.

    http://entrelinhasalways.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário, vou adorar lê-lo. Volte aqui depois para conferir a resposta, O.k ?